quinta-feira, 19 de outubro de 2017

MEC libera manual de redação do Enem 2017

POR CANAL DO ENSINO - 
Postado por: Lidianery Massari
Olá, leitor!
MEC libera cartilha do participante ou Manual de Redação Enem 2017, o mesmo foi divulgado no portal do Inep e os candidatos já podem realizar o download para conferir quais serão as metodologias gerais de avaliação.
O Enem é uma oportunidade enorme para todos os estudantes que querem garantir uma vaga em uma Universidade ou em algum programa ativo do Governo.
E a cartilha do participante foi elaborada especificamente para auxiliar e apoiar os estudantes no momento de estudo, pesquisa e desenvolvimento da Redação do Enem. Confira agora as principais informações sobre o Manual da Redação.

A Redação do Enem 2017

Quanto tempo você dura na cama? Descubra a média m...

BLOG DO PARCEIRO: Quanto tempo você dura na cama? Descubra a média m...

Estudo revelou que o tempo médio dos homens na cama é inferior a 4 minutos. Técnica ajuda a aumentar o tempo.

Um estudo revelou que a média de tempo dos homens na cama é de menos de 4 minutos. Mas sabia que existe um exercício que pode ajudar a aumentar este tempo?

De acordo com o Journal of Sexual Medicine, o homem atinge o ápice do prazer, em média, após 3 minutos e 45 segundos de relação íntima, enquanto as mulheres gostariam que o momento durasse 23 minutos.
Se você está abaixo desse número ou mesmo se pretende melhorar seu desempenho, saiba que existe uma simples técnica que pode ajudá-lo.
Como é o caso com qualquer outra atividade física, essa condição pode ser aprimorada com o condicionamento.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Pesquisadores descobrem brecha no protocolo que mantém o Wi-Fi seguro

POR OLHAR DIGITAL
(Foto: reprodução)
Um grupo de pesquisadores pretende revelar hoje informações prévias sobre uma vulnerabilidade presente no WPA2, protocolo de criptografia que protege a comunicação entre roteadores e dispositivos conectados a eles via Wi-Fi.
Foi desenvolvida uma prova de conceito que mostra como é possível que uma pessoa próxima ao roteador espie facilmente o tráfego entre computadores e pontos de acesso, o que significa que dá para ver qualquer coisa que trafegue em sites sem HTTPS — incluindo suas senhas.
Como destaca o Ars Technica, a maior parte dos dispositivos que usam WPA2 não deve ser consertada rapidamente, ainda mais se levado em conta que existe uma infinidade de "coisas conectadas" no mercado atualmente — como câmeras domésticas e sistemas de alarme, por exemplo.
A medida mais drástica de proteção neste momento seria simplesmente evitar usar qualquer conexão por Wi-Fi, mas também dá para se manter seguro acessando apenas sites com HTTPS e usando uma VPN de confiança.
Mais informações sobre a situação serão divulgadas às 13h desta segunda-feira, 16, provavelmente por meio do site krackattacks.com.
LEIA TAMBÉM: 

Saiba como se proteger da falha no protocolo de segurança do Wi-Fi

sábado, 14 de outubro de 2017

VICENTE NERY - VISITAMOS SUA MANSÃO

...



LEIA TAMBÉM: Do povoado de Pedra Branca para o Brasil/Vicente Nery

Dia Mundial de Combate à Trombose: o que é mito ou verdade

Para evitar a doença ou atacá-la é preciso, em primeiro lugar, diferenciar os dois tipos de trombose existentes: a arterial e a venosa
POR NOTÍCIAS AO MINUTO
Hoje (13) é o Dia Mundial de Conscientização e Combate à Trombose. A data foi instituída pela Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia, com o objetivo de alertar sobre riscos e formas de prevenção, bem como esclarecer a população sobre uma doença que, embora recorrente, é cercada por dúvidas e até mitos.

Para Gutemberg Gurgel, presidente do Congresso Brasileiro de Angiologia e Cirurgia Vascular 2017, para evitar a doença ou atacá-la é preciso, em primeiro lugar, diferenciar os dois tipos de trombose existentes: a arterial e a venosa. Ambas resultam da coagulação imprevista do sangue. Quando isso na artéria, ocorre a trombose arterial. Quando na veia, dá origem à Trombose Venosa Profunda (TVP).
No primeiro caso, a existência de um coágulo impede a passagem do sangue para os tecidos e, consequentemente, causa inchaço e dor na região afetada. Mais difícil de tratar, em geral é atacada por meio de cirurgia. Se não tratada, pode levar à gangrena dos tecidos e até a amputação do membro. Idosos, fumantes e diabéticos são os mais afetados.
A das veias, em 90% dos casos, atinge vasos na perna, segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV). A organização alerta que ela pode causar embolia pulmonar e até óbito, por isso exige muita atenção e cuidado. Ela também pode ocorrer associadas a cirurgias de médio e grande portes, traumatismo, gestação ou outras situações que obriguem a uma imobilização prolongada.
Pessoas com idade avançada, dificuldades de coagulação, insuficiência cardíaca, obesas, fumantes e adeptas de usam anticoncepcionais ou tratamento hormonal são as que correm maior risco de desenvolver a doença.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte prevenível em todo mundo. Entre elas, têm destaque o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o Tromboembolismo (TEV). No Brasil, em 2016, o Sistema Único de Saúde (SUS) realizou 35.598 tratamentos clínicos em decorrência da trombose. Entre janeiro e julho deste ano, foram 16.923, segundo o Ministério da Saúde. O órgão registra 485.443 procedimentos de fisioterapia, sendo mais de 330 mil no ano passado e 155 mil neste ano.
Mitos e verdades
Cigarro e anticoncepcional causam trombose? Idosos não podem fazer viagens longas? São muitas as dúvidas que cercam a doença. A Agência Brasil questionou o médico Gutemberg Gurgel para esclarecer algumas delas.
Anticoncepcional e cigarro
Apontada como grande fator de risco para a ocorrência de trombose entre as mulheres, a combinação de cigarro e pílula, de fato, pode favorecer a ocorrência da doença. Isso porque o cigarro é um vasodilatador, ao passo que o hormônio provoca alterações nas paredes das veias, diminuindo a velocidade da circulação. O resultado não é necessariamente o trombo, mas pode ocorrer, especialmente, se associado a outros fatores de risco, como obesidade, tendência familiar e vida sedentária. Por isso, o médico alerta sobre o uso precoce de anticoncepcionais, que têm sido indicados para tratamento de pele de adolescentes, por exemplo, e recomenda evitar o tabagismo.
Gravidez
Mulheres grávidas também devem ficar atentas. A maior quantidade de hormônios femininos circulando no corpo pode desencadear aumento da coagulação. Além disso, o médico explica que o aumento do útero promove a contração dos vasos pélvicos, dificultando o retorno do sangue. Mais uma vez, os casos são mais recorrentes em pacientes que possuem tendência à coagulação.
Como forma de prevenir problemas, além do uso de meias de compressão, Gurgel destaca a importância da prática de atividades físicas especialmente no caso das mulheres grávidas e também de pessoas que vão passar períodos longos com dificuldades de se movimentar, o que ocorre, por exemplo, durante viagens. “É importante usar as meias e buscar caminhar um pouco, pelo menos, a cada duas horas”, explica. Contrair o músculo da panturrilha e colocar o pé no chão também podem ajudar. Em todos os casos, destaca: é preciso tomar água e evitar a desidratação, sobretudo em ambientes fechados e refrigerados por ar-condicionado.
Cirurgias
Em cirurgias e no pós-operatório, o médico explica que há protocolos sobre o uso prévio ou posterior de medicação específica. A situação é delicada, pois envolve risco de hemorragia. Mas, segundo ele, novos medicamentos têm sido desenvolvidos para facilitar o uso, inclusive por via oral, sem necessidade de injeção, o que garante maior segurança ao diminuir o risco de sangramento.
Diagnóstico e tratamento
Gutemberg Gurgel alerta que a TVP é, em geral, assintomática, o que dificulta o diagnóstico. Para evitar surpresas, ele indica que pessoas afetadas pelos fatores de risco busquem pesquisar a situação da circulação sanguínea do corpo, pois a presença de alguma anormalidade genética pode ser decisiva. Outra sugestão é atentar para o aparecimento de edemas, sobretudo quando surgem sem serem precedidos por pancadas e acompanhados por dor ao caminhar.
O jornalista Daniel Fonsêca, 34 anos, sofreu trombose após passar alguns dias imobilizado em um hospital, em decorrência de um trauma. Os primeiros sintomas foram dores fortes, que foram inicialmente identificadas como resultado de alguma distensão muscular. A permanência o levou a realizar o exame ecodoppler, que permite a análise do sistema venoso. Foram constatadas, então, não apenas a existência de trombo, mas até o risco iminente da perda das duas pernas. Submetido à medicação anticoagulante logo após o diagnóstico, escapou de ter sequelas graves, mas passou meses tomando remédios e com dificuldades para dirigir ou até caminhar devido às dores.
Superada a fase mais difícil, foi preciso mudar hábitos e adotar medidas preventivas. Como o anticoagulante gera riscos de hemorragias, após o trauma passou a ampliar o cuidado para evitar acidentes, como andar de bicicleta ou utilizar instrumento cortantes. Meia hora antes de viagens com pelo menos três horas de duração, injetava medicação intravenosa no ambulatório do próprio aeroporto.
Além disso, passou a utilizar meias elásticas de alta compressão. À época, Daniel tinha 23 anos e não escapou do preconceito.“Muitas vezes eu relativizei e negligenciei o uso das meias por causa da questão estética. Passava dois, três meses sem usar por conta do preconceito que existe, ainda mais quando se é jovem”, conta.
As meias são fundamentais para tratar ou prevenir problemas circulatórios em geral, mas a dificuldade para ampliar o uso delas não é só estética. O par, segundo o jornalista, custa entre R$ 160 e R$ 200 e dura apenas seis meses. “Isso é muito relevante, porque grande parte das pessoas que sofrem trombose nos membros inferiores são da população pobre. Gente que trabalha muito em pé ou sentado e não tem chance de prevenção”, como motoristas de ônibus, lavadeiras ou vendedores, alerta. Com informações da Agência Brasil. 

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Vida de Aparências - Conto de Maria

..



Será que a imagem que você acaba passando para as pessoas que cruzam o seu caminho é a mesma imagem que você vê quando se olha no espelho? Se não, qual delas é a verdadeira? E qual delas você quer que seja verdade na sua vida?
No vídeo de hoje vamos usar uma viagem ao Egito para conversar sobre uma vida de aparências. Não perde!!!!




VEJA MAIS VÍDEOS DO CANAL: Conto de Maria Blog


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Receitas naturais para dentes sensíveis

POR RECEITA NATURAL
Se você tem dentes sensíveis, sabe como é chato não poder comer ou beber coisas geladas ou muito quentes. É bem chato ter que esperar o sorvete derreter e não poder morder um picolé. Assim como não é nada legal ter que esperar o café esfriar para beber.

Pessoas que têm os dentes sensíveis sentem dor ao ter contato com temperaturas muito altas ou muito baixas. Mas por que isso acontece?
Normalmente, essa sensibilidade acontece devido um desgaste da superfície do dente, mas também pode ocorrer após procedimentos odontológicos, como o clareamento dental, por exemplo. Pessoas que sofreram alguma queda ou pancada forte nos dentes, até mesmo com a quebra de um deles, também podem sofrer com a sensibilidade. Uma restauração mal feita também pode causar a dor.
Outras causas da sensibilidade dos dentes são a gengivite, escovação incorreta, uso de aparelhos ortodônticos e a ingestão de bebidas muito ácidas, que favorecem o desgaste da superfície dos dentes.
Se você tem dentes sensíveis, converse com seu dentista para que ele oriente um bom tratamento. Muitas marcas de pastas de dente também oferecem proteção para dentes sensíveis.
Mas se você prefere os tratamentos naturais, nós temos algumas boas dicas para você. Veja aqui algumas formas de acabar com o incômodo dos dentes sensíveis usando produtos naturais, que você pode ter aí, na sua casa.

LEIA TAMBÉM: Como Reduzir a Sensibilidade nos Dentes?

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Prefeitura de Aracoiaba disponibiliza curso gratuito em Atendimento Comercial; Inscrições Abertas

O curso será inteiramente gratuito para os participantes e fornecerá Certificado de Profissionalização mediante conclusão e assiduidade do aluno.
POR ARACOIABA NEWS
O Governo Municipal de Aracoiaba, através da Secretaria da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, em parceria com a Organização Barreira Amigos Solidários (OBAS), está ofertando 45 vagas para o Curso em Atendimento Comercial.

O curso será inteiramente gratuito para os participantes e fornecerá Certificado de Profissionalização mediante conclusão e assiduidade do aluno.

Os Interessados podem procurar a Secretaria da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, localizada na sede da Prefeitura de Aracoiaba, no período de 10 à 11 de outubro, das 8 às 12h, munidos de seus documentos pessoais e cópias para a realização da inscrição. Os candidatos deverão ter idade entre 16 à 29 anos.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

BLOG DO PARCEIRO: Apenas um terço dos homens sempre usa camisinha

Apenas um terço dos homens sempre usa camisinha

72% dos jovens do sexo masculino dizem que a contracepção é responsabilidade do casal - mas 38% não querem que a parceira pare de tomar a pílula.

POR SUPER INTERESSANTE - Por Pâmela Carbonari
(Jfanchin/iStock)
Você já deve ter ouvido a máxima de que grandes poderes trazem grandes responsabilidades. Pois quando o assunto é sexo, esse ditado pode muito bem ser convertido em grandes prazeres exigem grandes responsabilidades. E, sem o devido cuidado, também trazem consigo grandes consequências. Um claro exemplo dessa relação causa e consequência é a estimativa da Organização Mundial da Saúde de que metade das gestações no mundo não são planejadas. Ou do levantamento do Ministério da Saúde que mostra que 40 mil novos casos de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são detectados por ano no país. Ou ainda de que 33 milhões de gestações no mundo acontecem porque o casal não usou corretamente o método contraceptivo que escolheu. Mas, afinal, de quem é a responsabilidade de pensar na prevenção na hora H?

TSE anula acórdão que cassou mãe de Wesley Safadão em Aracoiaba

POR O POVO ONLINE
Decisão reverte cassação de Dona Bill, mãe do
cantor Wesley Safadão (Reprodução/Facebook)
O ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu anular acórdão do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) que cassou o diploma de Antônio Cláudio Pinheiro (PSDB) e Maria Valmira de Oliveira (PSDB), prefeito e vice-prefeita de Aracoiaba. Valmira, conhecida como Dona Bill, é mãe do cantor de forró Wesley Safadão.
Na decisão, Benjamin declarou nula a sessão do TRE que cassou, em janeiro deste ano, o diploma dos gestores. O julgamento, que manteve condenação dos réus pela 1ª instância por abuso de poder político e econômico, ocorreu sem a presença de todos os magistrados do Tribunal – ferindo quórum regimental.
Sem chegar a julgar o mérito da condenação em si, Benjamin ordenou que o TRE realize novo julgamento do caso, desta vez com a presença de todos os membros da Corte.  O “esvaziamento” da sessão de janeiro ocorreu porque o juiz Cássio Felipe Goes Pacheco se absteve de votar, alegando não ter acompanhado relatório e debates do julgamento.
Abuso de poder
Segundo o Ministério Público Federal, o prefeito e a vice-prefeita teriam praticado abuso de poder econômico em caso envolvendo doação de três ambulâncias à Prefeitura. A doação teria sido feita através de uma série de empresas, mas foi anunciada no Município – com direito a eventos e carros de som – como proveniente de recursos próprios de Dona Bill.
Na época, a desembargadora Nailde Pinheiro, relatora do caso no TRE-CE e hoje presidente da Corte, atestou real abuso de poder político e econômico no caso. “Houve sim o abuso com o aval do prefeito, com o objetivo de captar votos de eleitores, como restou comprovado, sem sombra de dúvidas, o inegável desequilíbrio decorrente dessa perniciosa ação”, disse.
A defesa dos gestores rejeita qualquer irregularidade. Segundo ela, doação não teve qualquer conotação eleitoral, sem qualquer menção a candidaturas ou números de legenda, sendo apenas uma ação “formal e regular” da Prefeitura.

sábado, 30 de setembro de 2017

Novo golpe do WhatsApp promete cupom grátis e já fez 400 mil vítimas

Novo golpe do WhatsApp forja cupom de desconto da rede 'O Boticário'

POR OLHAR DIGITAL
(Foto: reprodução / TheHackToday)
A empresa de segurança eletrônica PSafe informou nesta sexta-feira, 29, que um novo golpe tem se espalhado pelo WhatsApp. A ameaça volta a usar o nome da loja de cosméticos O Boticário, com a promessa de entregar um cupom grátis no valor de R$ 150 para compras na rede.
Obviamente, o tal cupom é falso e a promoção é um golpe. O link para a promoção é compartilhado por WhatsApp e leva a vítima a uma falsa página com o logo do O Boticário. O usuário precisa responder três perguntas e, em seguida, é levado a cadastrar seus dados num serviço de SMS pago.
A vítima acaba sendo obrigada a pagar por mensagens recebidas por SMS sem saber. Em algumas variantes do golpe, o usuário é levado a baixar aplicativos maliciosos que podem trazer vírus para o celular. Em seguida, a pessoa é incentivada a compartilhar a falsa promoção com mais usuários.
Reprodução
Não é a primeira vez que o nome da rede O Boticário é usado num golpe para WhatsApp. Em abril, uma outra falsa promoção prometia um vale-presente no valor de R$ 500 da loja de cosméticos. Em cinco dias, o golpe teria feito 50 mil vítimas. Já a nova armadilha fez 400 mil vítimas em apenas três dias, de acordo com a PSafe.
"É preciso que as pessoas fiquem atentas a qualquer tipo de promoção exagerada que chega por mensagens, checando sempre se o benefício é real, ao entrar em contato diretamente com a empresa", recomenda a empresa de segurança que denunciou o novo golpe.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

BLOG DO PARCEIRO: Quanto custa um sonho?

BLOG DO PARCEIRO: Quanto custa um sonho?



Deixa...me sonhar, assim pra sempre... 

CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

Quanto custa um sonho? Certa pessoa me fazia essa interrogação. Mexi nas bases. Confesso que titubeei nessa estranha pergunta, com um pouquinho de filosofia, sobretudo, me perdendo na realidade e nessa convicção de que, tudo tinha a ver... É verdade que todo sonho independente de seu nascedouro, vem por conta de uma ansiedade e por traz disso, acompanhado de fantasia sem limites, ocasionando pressão exagerada é uma expectativa gerada por próprio sonho, nos cobrindo de Abdias mil, causando a nós, inquietude e irrealidade... Deixa...me sonhar, assim pra sempre... Até mesmo com esses sonhos pálidos que se perdem no mundo de nossa fantasia, como eu mesmo falei, um sonho cheio de mentiras e falsidade... Início desta tarde de verão de setembro de 2017. Um sonho meu, irreal e sem resultados. 27.09.2017.



LEIA MAIS: Crônicas de Rufino Silva

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Perto da volta, Jônatas revela drama com pai: 'Não aceitou meu sucesso'

Campeão da Copa do Brasil de 2006 pelo Flamengo, ele se emociona ao contar o problema familiar que o afasta dos gramados desde 2011
POR GLOBO ESPORTE

Capitão do Flamengo no título da Copa do Brasil de 2006, quando tinha 24 anos, e convocado para a seleção brasileira na mesma temporada, Jônatas enxergava no horizonte um futuro brilhante profissionalmente. Porém, sete anos depois, ele olha para trás e percebe que sua carreira desmoronou. Longe do futebol desde 2011, quando tentou sua última cartada no Figueirense, o ex-volante vive em Fortaleza e revela aquela que considera a razão de seu declínio: o mau relacionamento com o pai. Com o incentivo da filha July, de quatro anos, ele garante que está pronto para voltar a jogar no início do próximo ano (assista ao vídeo ).
De acordo com Jônatas, a relação com o pai piorou à medida que seu sucesso aumentava dentro dos gramados.
- Tinha jogo em que eu fazia uma grande partida e queria sair antes de acabar porque aquilo já estava me deixando mal. Eu ficava preocupado com o que iam falar em casa, qual o problema que ia ser no outro dia: "Ah, não, é o filho queridinho, é o filho isso ou aquilo". Eu sofri demais com isso. Só queria jogar futebol e ver meus pais felizes em casa, mas isso não aconteceu. Meu pai não soube aceitar meu sucesso. Aquilo foi me atrapalhando dentro de campo porque meu pai ficou contra o meu sucesso - desabafou.
Jonatas frame (Foto: Reprodução)Jônatas diz que a má relação com o pai o
atrapalhou dentro de campo 
(Foto: Reprodução)
O drama entre os dois alcançou o ápice em dezembro de 2006, quando o pai sofreu um sequestro meses depois de Jônatas se transferir para o Espanyol. A relação desmoronou de vez. Para alguém que saiu de casa ainda jovem para fazer sucesso e ajudar a família, a rejeição paterna se revelou um duro golpe.
- Não me fez mal a Europa. Eu que não estava preparado para os problemas que eu já levei para lá. Depois do sequestro, ele achou que não era feliz porque eu era jogador de futebol, e aquilo mexeu demais comigo. Eu ainda tentei e teve um momento em que eu disse: "Não dá para mim. Tenho que procurar alguma ajuda pra sair dessa situação" - lembra.
jonatas mosaico achei (Foto: Editoria de Arte)
Quando voltou ao Brasil, em 2008, Jônatas tentou retomar durante três anos a carreira, por Flamengo, Botafogo e Figueirense. No entanto, àquela altura já não existia a paixão pelo futebol. Em 2011, aos 28 anos, ele decidiu parar de jogar.
- Já estava entrando em campo e não tinha prazer de jogar futebol. Aquilo estava me fazendo mal dentro de campo, fora e em casa. E não deu certo - lembrou.
Após a aposentadoria, Jônatas se refugiou em casa, em Fortaleza, na companhia da mãe, da esposa e da filha July, de quatro anos. Evitou qualquer contato com o futebol e nunca quis dividir os problemas com os psicólogos dos clubes ou até em casa. Recentemente, optou por pedir ajuda, e há um ano faz tratamento para superar o trauma que atrapalhou o caminho dele no futebol. Porém, o ex-volante conta que a verdadeira mudança em sua vida aconteceu graças à pequena July, que, mesmo sem entender o que aconteceu, incentiva o pai a dar a volta por cima. Os grandes momentos na carreira estavam adormecidos na cabeça dele, mas hoje ele já lembra com saudade.
jonatas flamengo taça copa do Brasil  (Foto: Agência O Globo)Jônatas foi capitão do Flamengo no título da Copa doBrasil, em 2006 (Foto: Agência O Globo)
- A minha filha tem quatro anos só, mas, quando ela passa pelo Castelão, ela pergunta: "Papai, você vai voltar a jogar?". Aquilo mexe comigo e eu digo: "Papai vai voltar, você vai ter orgulho do papai". Hoje me sinto bem para poder voltar a jogar futebol e hoje te falo, do fundo do coração, que a única coisa que eu quero na vida é voltar a jogar. A felicidade que tive no futebol foi esse título da Copa do Brasil, em 2006. Era uma coisa que eu me cobrava, queria ser campeão pelo Flamengo e sendo capitão. Consegui - contou.
Em janeiro de 2014, ele pretende estar de volta ao mundo do futebol. Hoje com 31 anos, pretende retomar a carreira pela filha e até pelo próprio pai.
- Ele é uma pessoa importante na minha vida, mas não tinha noção das coisas que estava fazendo no momento em que eu mais precisava dele. Amo o meu pai, como amo a minha mãe, mas queria que ele soubesse que todos esses problemas que eu criei dentro do futebol foram porque eu estava preocupado com ele, querendo a felicidade dele. Ele não soube entender isso.