quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Imposto de renda 2019: como obter o programa e fazer a sua declaração

Guia conta com as principais informações a quais você deve ficar atento para fazer a declaração do Imposto de Renda 2019
.
O ano de 2019 acaba de começar e, assim como em outros anos, o brasileiro já precisa começar a se planejar para fazer a declaração do seu imposto de renda pessoa física para que ele não tenha que correr contra o tempo e os prazos de entrega evitando multas. Por sua vez, nesta última segunda-feira, dia 25 de fevereiro de 2019, o programa do IRPF 2019 já foi disponibilizado para download através do site oficial da Receita Federal.

Para lhe ajudar com esta tarefa da declaração do imposto de renda e esclarecer algumas das principais dúvidas, o Olhar Digital preparou este guia com as principais informações a quais você deve ficar atento. A seguir, veja como estar pronto para fazer a declaração do Imposto de Renda 2019.

Quem precisa fazer a declaração

Existem algumas regras simples para você saber se será preciso para fazer a declaração do seu imposto de rende. Assim, veja abaixo as regras para quem deve fazer esta declaração:
  • Teve uma renda tributável anual superior a R$28.559,70;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com soma superior a R$40.000,00;
  • Obteve ganho com venda de bens ou realizou operações em bolsas de valores;
  • Obteve receita bruta anual em valor superior a R$ 142.798,50 decorrente de atividade rural. E, caso pretenda compensar no ano-calendário de 2018 ou posterior, prejuízos decorrentes do próprio ano de 2018 ou anterior;
  • Teve posse ou propriedade, em 31 de dezembro de 2018, de bens ou direitos, inclusive terrenos com um valor total superior a R$ 300.000,00;
  • Passou a ser residente no Brasil em qualquer mês, inclusive caso isto tenha ocorrido no dia 31 de dezembro de 2018.
Caso você não esteja enquadrado nestas regras, não é necessário fazer a declaração do IRPF 2019. Além disto, existem outras regras que podem dispensar dependentes de realizarem a declaração. As informações completas destes casos podem ser encontradas neste link oficial do site da receita federal, que explica todas estas condições em detalhes.

Prazo de entrega

Apesar do programa do IRPF 2019 já estar disponível para download, neste momento, você só consegue começar a realizar a declaração sem enviá-la. Isto ocorre, pois, o prazo para entrega do Imposto de Renda Pessoa Física 2019 começa a valer apenas a partir do dia 7 de março indo até o dia 30 de abril, as 23h59 no horário de Brasília.

Formas de entrega

Para fazer a entrega da declaração de seu Imposto de Renda Pessoa Física dentro do prazo, você possui três opções. Veja quais são elas:
  • Computador – Através do programa do IRPF 2019, deve-se utilizar a função “Entregar Declaração”. Este recurso deve funcionar todos os dias, exceto no período da 1h às 5h da manhã. No último dia para o envio da declaração, ele só funcionará até as 23h59min59s;
  • Aplicativo Meu Imposto de Renda – Seguindo os mesmos prazos descritos na etapa anterior, o aplicativo para smartphones e tablets com Android ou iOS também pode ser utilizado para fazer o envio de sua declaração;
  • Portal e-CAC – Através do site acessado com um certificado digital, você deve utilizar a opção “Meu Imposto de Renda” com o mesmo prazo descrito acima.
Se por algum motivo você não conseguiu fazer o envio de sua declaração dentro do prazo, as formas de envio continuam listadas acima podem continuar sendo utilizadas. Entretanto, além delas, você também pode levar uma mídia removível como um pendrive ou HD externo até uma das unidades de atendimento da Receita Federal.

Declaração completa, simplificada e pré-preenchida
Existem três tipos para fazer a sua declaração, sendo que cada um deles apresenta algumas diferenças. Abaixo, confira um pouco mais sobre cada um deles:
  • Declaração simplificada – opção ideal para quem teve poucas despesas. Ao optar por ela, você tem um desconto padrão de 20 % dos rendimentos tributáveis limitado até R$ 16.754,34;
  • Declaração completa - indicada para quem teve grandes despesas médicas, possui dependentes e possui alguma previdência. Ela também é aplicada para o caso da soma total de suas deduções excederem o limite de R$ 16.754,34. Além disto, ao optar por ela, é necessário ter os comprovantes de suas despesas;
  • Declaração pré-preenchida – opção disponível apenas para contribuintes com Certificado Digital. Ao optar por ela, é necessário que o contribuinte tenha entregue a sua declaração em 2018 e que as fontes pagadoras também tenham enviado as suas informações para a Receita.

Como baixar o IRPF 2019

Diferente do que acontecia em alguns anos, não é mais necessário ter dois programas instalados no computador para realizar a declaração e enviá-la, sendo tudo feito em um mesmo aplicativo. Este programa funciona em praticamente qualquer sistema devido ao uso da linguagem Java em seu desenvolvimento, mas ele possui versões específicas para Windows, Mac, Linux, Solaris, Android e iPhone. Veja abaixo os links para obter o programa do Imposto de Renda 2019:
Caso você tenha alguma dúvida sobre a utilização do programa para o preenchimento de sua declaração, as instruções oficiais de como usá-las podem ser encontradas neste link da Receita Federal.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

16 sites para estudar de graça para concursos públicos

.
Olá leitores do Canal do Ensino,
Quer estudar de graça para concursos públicos?
Para os ‘concurseiros’ de plantão, algumas matérias são consideradas ‘arroz com feijão’, são as disciplinas básicas exigidas na maior parte dos concursos.
Existem sites que ajudam os candidatos a se prepararem para as provas de concursos, disponibilizando videoaulas e simulados, para estudar direito administrativo, informática, inglês, matemática e português. Aproveite as dicas e mergulhe nos estudos.
Conheça abaixo os 16 sites que oferecem materiais para estudar de graça para concursos públicos:

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Esse seu buraquinho - Velhas Virgens (DVD 25 anos)

,,,

FONTE DO VÍDEO

Flamengo emite nota oficial tratando de assistência à família, estrutura e manutenção de aparelhos

No comunicado, Rubro-Negro dá detalhes técnicos do material dos contêineres e informa que uma empresa vistoriou preventivamente os aparelhos de ar-condicionados que haviam no alojamento onde ocorreu a tragédia
FOTO: Agência Estado
No início da tarde deste domingo, o Flamengo emitiu um comunicado oficial no qual tratou dos seguintes temas: assistência às famílias, módulos habitacionais e manutenção dos aparelhos de ar-condicionado.

No comunicado, Rubro-Negro dá detalhes técnicos do material dos contêineres e informa que empresa vistoriou preventivamente os aparelhos de ar-condicionados que haviam no alojamento onde ocorreu a tragédia.

LEIA TAMBÉM: Nota oficial - Clube de Regatas do Flamengo

Confira na íntegra:

SOBRE A ASSISTÊNCIA ÀS FAMÍLIAS

O Flamengo gostaria de reiterar que, independentemente de qualquer investigação, vem prestando todo o amparo às famílias dos atletas vitimados pela tragédia ocorrida no Centro de Treinamento, assim como aos feridos e sobreviventes.

Neste momento, o Clube, de pleno, assume o compromisso de manter a remuneração paga aos atletas vítimas do incêndio, sem qualquer prejuízo de outras ações adicionais de apoio que estão sendo implementadas.

Estamos empenhados, prioritariamente, em amparar as famílias de forma material, moral e psicológica. Para além das questões legais está, obviamente, o bem-estar de todos. O Clube de Regatas do Flamengo não chegou a patamar de destaque no esporte mundial voltando as costas para seus atletas ou eximindo-se de responsabilidades. E a Nação Rubro-Negra reconhece isso.

SOBRE OS MÓDULOS HABITACIONAIS

Cabe informar que o Flamengo detém contrato vigente de locação dos alojamentos modulares (módulos habitacionais) com a empresa NHJ do Brasil, que é reconhecida como pioneira e uma das líderes do mercado. A referida empresa detém todas as certificações exigidas pela legislação brasileira, em especial a ISO 9001. Os módulos habitacionais utilizados pelo Clube atendem a todas as exigências das normas NR-18 e NR-24.

Vale ressaltar que representantes da empresa NHJ - em reunião realizada na manhã deste domingo, na sede da Gávea – esclareceram que o poliuretano utilizado entre as chapas metálicas não é propagador de incêndios, por ter característica auto-extinguível.

SOBRE A MANUTENÇÃO DOS APARELHOS DE AR-CONDICIONADO

A empresa COLMAN REFRIGERAÇÃO LTDA. – ME, inscrita no CNPJ sob o n° 00.634.203/0001-30, realizou no último dia 5 de fevereiro a manutenção preventiva de rotina nos 6 aparelhos de ar-condicionado instalados no alojamento modular utilizado pelos atletas das categorias de base do Clube de Regatas do Flamengo, no Centro de Treinamento George Helal - nos termos do contrato de prestação de serviços firmado em 1º de agosto de 2013 e atualmente com prazo de vigência até 31 de agosto de 2019.

Todas as demais questões serão tratadas, no momento oportuno, com as autoridades competentes com as quais o Flamengo já está colaborando.

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

Confira o destaque campeão da semana no Blog do Parceiro

.
DESTAQUE CAMPEÃO:

As 10 partes mais SUJAS do nosso CORPO que você provavelmente NÃO CONHECIA!

O corpo humano é composto de muitas partes que executam trabalhos diferentes e permitem que ele funcione.
No entanto, ao realizar esses trabalhos geram alguma sujeira da qual devemos nos livrar.
Abaixo, vamos dizer quais são as 10 partes do corpo com mais sujeira.
Portanto, é necessário realizar um banho diário, para eliminar todas as bactérias que produzimos.
A boca
A boca é uma das áreas mais sujas do corpo, pois através dela ingerimos a comida.
Estima-se que para cada cm2 de pele na boca temos 100 milhões de bactérias.
Elas geralmente se acumulam entre os dentes e a língua.
Por isso, recomenda-se lavar a boca 3 vezes ao dia.
As axilas
Devido ao uso de desodorantes, a higiene das axilas é muito melhor do que antes e pode passar despercebida.
No entanto, esta parte do corpo pode conter entre 1000 e 10 bilhões de bactérias por cm2.
A cabeça
Estes, quando combinados com o suor, geram o mau desta área.
Embora pareça difícil de acreditar, a cabeça pode acumular muita sujeira.
Especialmente quando sofre de caspa, tem aproximadamente 1 milhão de micróbios por cm2 de pele.
O ouvido
Mesmo que pareça repugnante para você, será muito bom para a sua audição, já que ela protege você.
No entanto, quando é produzido em excesso, muitas bactérias e ceras podem se acumular.
A lingua
Isso diminui a capacidade auditiva e pode causar uma infecção.
Línguas sujas podem ser agrupadas em três categorias: branco, amarelo e preto peludo.
Estes ocorrem por várias razões, uma das quais é quando os restos de comida ficam presos entre as papilas.
Segundo os especialistas, a sujeira é temporária e não envolve nenhum perigo.
Ânus
Quando estamos limpando, é muito importante ter muito cuidado para limpar essa parte.
Nele podemos encontrar muitas bactérias perigosas capazes de transmitir diferentes doenças.
Portanto, é muito importante lavar as mãos depois de ir ao banheiro.
O nariz
Segundo um estudo, as pessoas que coçam o nariz têm uma porcentagem maior de serem portadores de bactérias, como o Staphylococcus.
A referida bactéria é capaz de gerar infecções cutâneas e outras como abscessos profundos.
Pele sob as unhas.
Muitas bactérias, incluindo Staphylococcus, podem se alojar sob as unhas.
Se as mantivermos curtas, as chances de baterias serão muito menores.
Sob nenhuma circunstância você deve remover a sujeira com os outros dedos.
Se necessário, use um pincel para limpar as unhas.
Intestino
Se você fizer isso, você estaria espalhando as baterias por toda a superfície de suas mãos.
Mais de 400 espécies de bactérias estão alojadas nesta área do nosso corpo.
Algumas dessas bactérias são boas porque nos ajudam no processo digestivo.
No entanto, outros são muito prejudiciais e podem causar diarréia, náuseas, vômitos e perda de peso.
O umbigo
Como está afundado, é uma zona muito confortável para alojar bactérias da fibra das roupas, das células mortas da pele e do mesmo suor.
Segundo estudos, o umbigo pode conter até 67 tipos diferentes de bactérias. Portanto, é muito importante limpar muito bem essa área.
Até breve!
se você gostou deixe aquele LIKE, inscreva-se no nosso canal e compartilhe este vídeo com amigos e familiares.
CONFIRA O VÍDEO ABAIXO:

..
FONTE DO VÍDEO
VEJA MAIS VÍDEOS EM...

VEJA OS OUTROS DESTAQUES DA SEMANA...

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Corte de 21 mil cargos pode gerar economia de R$ 209 mi por ano

ESPLANADA
Segundo a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, editado ainda esse mês, o governo espera economizar R$ 209 milhões por ano com o corte de 21 mil cargos comissionados.

De acordo com a pasta, a iniciativa contribuirá para simplificar a gestão e enxugar a diversidade de cargos e comissões. O Ministério da Economia não detalhou a distribuição dos cortes por órgãos nem por tipos de cargos.

Segundo informações da Agência Brasil, até então, o que foi informado foi que se pretende extinguir algumas gratificações de legislação muito antiga, algumas que não estão sendo ocupadas e outras de baixo valor individual, que não representam função de chefia.

A mudança não necessariamente significará que 21 mil pessoas serão demitidas, já que a maior parte dos cargos em comissão é ocupada por servidores concursados escolhidos para chefias ou funções de confiança.

Segundo o Ministério da Economia, o decreto pretende adequar a estrutura às necessidades da administração pública e evitar, no futuro, a ampliação dos gastos com a ocupação dos cargos que ficaram vagos e as gratificações que deixaram de ser pagas.

Governo anterior

Segundo o Painel Estatístico de Pessoal do Ministério da Economia, o governo anterior terminou com 99.833 cargos comissionados, funções e gratificações técnicas. Desse total, o Poder Executivo Federal detinha 33.852 (33,9%); e as fundações federais, 14.629 (14,7%).

As autarquias federais concentravam a maior parte: 50.804 (50,9%). A Secretaria Especial de Desburocratização não informou se o corte dos cargos, funções e gratificações ocorrerá apenas no Executivo Federal ou se também abrangerá as fundações e autarquias.

Até agora, apenas o Ministério da Economia detalhou os cortes provocados pela fusão de quatro pastas das gestões anteriores – Fazenda; Planejamento; Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e parte do Trabalho.

A nova estrutura enxugou 2.987 cargos – 243 de Direção e Assessoramento Superior (DAS), 389 Funções Comissionadas do Poder Executivo (FCPE), restrita a servidores concursados, e 2.355 funções gratificadas.

Fusões

O maior potencial de redução de cargos comissionados está nos ministérios nascidos da união de pastas antigas. Além da Economia, classificada como superministério, a nova estrutura da Esplanada dos Ministérios têm três pastas resultantes de fusões.

O Ministério da Justiça incorporou a pasta de Segurança Pública e a secretaria do Ministério do Trabalho que cuidava dos registros sindicais. O Ministério da Cidadania reuniu as antigas pastas de Desenvolvimento Social, Cultura e Esporte. O Ministério do Desenvolvimento Regional nasceu da junção dos antigos ministérios das Cidades e da Integração Nacional.
POR CEARÁ AGORA

domingo, 3 de fevereiro de 2019

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Rodrigo Maia é eleito para novo mandato como presidente da Câmara dos Deputados

Maia
Pela terceira vez consecutiva, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) vai ocupar a Presidência da Câmara dos Deputados. Ele foi eleito em 1º turno para o biênio 2019-2020, com 334 votos.

Rodrigo Maia derrotou outros seis candidatos que concorreram como avulsos: Fábio Ramalho (MDB-MG), que teve 66 votos; Marcelo Freixo (Psol-RJ), com 50 votos; JHC (PSB-AL), com 30 votos; Marcel Van Hattem (Novo-RS), com 23 votos; Ricardo Barros (PP-PR), com 4 votos; e General Peternelli (PSL-SP), com 2 votos.

Maia foi candidato oficial do bloco PSL, PP, PSD, MDB, PR, PRB, DEM, PSDB, PTB, PSC e PMN.

Modernização
Rodrigo Maia assumiu a cadeira emocionado. Em lágrimas, agradeceu os votos dos deputados e aos competidores na disputa à Presidência da Câmara.


Nós teremos muitos desafios. A Câmara precisa de modernização na relação com a sociedade, nos nossos instrumentos de trabalho, para que a gente possa ficar mais perto dos cidadãos. Precisamos modernizar as nossas leis, simplificá-las, e fazer as reformas de maneira pactuada, disse.
Maia afirmou que, apesar de ter disputado o cargo por três vezes, sempre se emocionou na disputa. “Cresci nesta Casa, convivendo com todos os partidos”, declarou.

Perfil
Atualmente no sexto mandato como deputado federal, Maia já foi líder do partido; ocupou cargos em comissões, como a presidência da Comissão Especial da Desvinculação de Receitas da União (DRU); e foi relator de diversos projetos na Casa, como o da proposta da reforma política em 2015. Nascido em 1970, ele já foi secretário de governo na prefeitura do Rio de Janeiro.


A primeira vez que ocupou o cargo de presidente da Câmara foi em 2016, quando foi eleito para um “mandato tampão” de seis meses, em substituição ao ex-deputado Eduardo Cunha, que havia sido eleito para o biênio 2015-2016. Cunha foi afastado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), renunciou ao cargo e depois foi cassado pela Câmara. Em fevereiro de 2017, Maia se elegeu para um mandato de dois anos.

DEMAIS CARGOS
Para a 1ª Vice-Presidência, foi eleito o deputado Marcos Pereira (PRB-SP), com 398 votos. Na 2ª Vice-Presidência, haverá um segundo turno, pois não houve maioria de votos para algum dos dois candidatos. Luciano Bivar (PSL-PE) ficou com 240 votos e Charlles Evangelista (PSL-MG), que concorreu como candidato avulso, obteve 161 votos.

Secretarias
A 1ª Secretaria ficará com a deputada Soraya Santos (PR-RJ), que teve 315 votos. Ela concorreu como candidata avulsa. O deputado Giacobo (PR-PR), candidato oficial do bloco, recebeu 183 votos.


O deputado Mário Heringer (PDT-MG) ficará à frente da 2ª Secretaria, ao conseguir 408 votos. À 3ª Secretaria, foi conduzido o deputado Fábio Faria (PSD-RN), com 416 votos. Na 4ª Secretaria ficará o deputado André Fufuca (PP-MA), com 408 votos.

Suplentes
Os candidatos à suplência são, conforme o número de votos recebidos: Rafael Motta (PSB-RN) para a 1ª suplência com 368 votos; Geovania de Sá (PSDB-SC) para a 2ª suplência, com 366 votos; Isnaldo Bulhões Jr (MDB-AL) para a 3ª suplência, com 315 votos; e o deputado Assis Carvalho (PT-PI) para a 4ª suplência, com 283 votos.

COM AGÊNCIA CÂMARA

POR CEARÁ AGORA